sábado, 15 de maio de 2010

Vejam como ficou Lemos, agredido pelos marginais! Marginais e covardes!


3 comentários:

Anônimo disse...

Vamos responde com boicote ao posto da mãe deste marginal que não soube lhe dar educação.

Artur Benevides disse...

Fatos com o dessa agressão ao senhor da SQS 214 pelo filho da proprietária e por frequentadores de uma loja de conveniência em posto de gasolina, são lamentáveis. Retratam o despreparo das pessoas e a inversão dos valores morais, principalmente entre os mais jovens, e que acreditam que tudo podem. Um Judiciário inerte, um Poder Executivo eleito por deputados que segundo o noticiário local e nacional estão, na sua maioria, envolvidos em escândalos de corrupção. Um legislativo cujos parlamentares só legislam em causa própria, que se deixam corromper na busca do poder do dinheiro, e que vivem criando leis impróprias ao bem-estar da coletividade ou que vão de encontro à concepção da cidade. Uma polícia que está com o seu efetivo completamente desestruturado e com muitos policiais sem comprometimento com a corporação e com seu juramento feito quando no ingresso de sua corporação. Uma fiscalização completamente inoperante, sem moral, covarde e sem iniciativa, comandada nos bastidores por políticos corruptos. Ordem pública em Brasília? Ela existe?A politicagem toma conta de tudo em desfavor da coletividade. Estão fazendo de Brasília um faroeste negro, vivido na segunda metade do século XIX. Logo, logo, não nos espantemos com pessoas em plena capital da República, fazendo justiça com as próprias mãos, pois o estado de letargia que vemos hoje nas instituições públicas, vai ficando cada dia mais evidente e condenável aos olhos da comunidade. Está na hora de a comunidade se mobilizar contra estes comerciantes que só pensam no lucro fácil, e que pouco ou nada se importam com o respeito às Leis e o direito dos moradores que residem próximos ao seu estabelecimento. Muitas das vezes, se amparam nos seus padrinhos políticos, pois o QI (quem indica) fala mais alto do que a Lei. Brasília tem 50 anos, mas já vive problemas das grandes metrópoles. Seus órgãos de Fiscalização precisam de autonomia para trabalhar. Precisam de mão de obra em quantidade e de qualidade. Precisam de pessoas comprometidas com a sua missão. Precisam não ter medo, serem covardes na hora de cumprir com suas obrigações. O que diz o governador sobre o assunto? Artur Benevides.

João Kzam disse...

Precisamos também colocar aqui o Posto Policial que negou auxílio ao filho do senhor que foi espancado. Temos tambénm que ir de encontro com as autoridades públicas. Onde estão os policiais? Foram presos ou os superiores ainda vão abrir um inquérito pra saber se houve omissão das autoridades públicas? Onde fica o posto? Sabe-se do nome de algum destes políciais irresponsáveis?